quarta-feira, 11 de novembro de 2009

XIII Noites de Serenatas, o rescaldo...

E assim se viveu mais uma noite fantástica, uma verdadeira noite de música e tradição onde a TFISEL -Tuna Feminina do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa saiu como a grande vencedora.

O festival teve início no dia 6 de Novembro com uma Noite de Fados, no Auditório do Museu Marítimo de Ílhavo, sendo que as primeira fadistas a subir a palco, representaram a tuna da casa, interpretando os temas “Dar de beber à Dor”, “Loucura” e “Chuva”. Seguiu-se a TFISEL com “Lá porque tens cinco pedras”, a TFUCP com “Estranha forma de vida” e a ATITUNA com “Búzios”. Seguiu-se um curto intervalo, e já com a apresentação dos Jograis do Orfeão Universitário do Porto, subiram a palco a ATITUNA com o “Fado da procura”, a TFISEL com “Lisboa e Tejo” e a TFUCP com “Medo”. Depois de mais um intervalo, subiu a palco a GATUNA com “Foi Deus” e “Rosa Branca” seguida da actuação do Real Túnel Académico, Tuna Universitária de Viseu.
















A festa continuou noite dentro pela mítica “Praça do Peixe”…
Depois de um acordar difícil... e de um belo repasto pelas cantinas da Universidade de Aveiro, o Passacalles deu-se no Centro Comercial Glicínias, antevendo uma grande noite de festival.

A XIII Noite de Serenatas Femininas começou com a actuação da tuna da casa com “Ria Sentida” seguida de um tema açoriano onde se destacou a prestação do seu estandarte.

A primeira tuna a concurso foi a GATUNA – Tuna Feminina Universitária do Minho. Com cerca de 24 elementos iniciou a sua actuação com “Trovas ao Vento” seguido da sua serenata “Um cantinho e nós dois”. Prossegui com “Pensando em Ti”, onde se destacaram as suas pandeiretas, e com “Con Los Años Que Me Quiedan” de Glória Estefan onde se destacou a expressividade e o sentimento da sua solista. Seguiu com o seu instrumental, de Ann Tiersen “Déjà Loin”, terminando com um priginal “Estudante Minhoto”.



A esta seguiu-se a ATITUNA – Tuna Feminina da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. Com cerca de 25 elementos em palco, iniciaram a sua actuação com "Recuerdos Bolivianos" uma música bastante animada, onde se destacou o seu porta-estandarte, seguindo-se com da sua interpretação de "Vou Dar De Beber À Dor" e da sua serenata “Aconteceu”, de Ana Moura. Prosseguiu com uma adaptação da música de Sérgio Godinho “É tão bom”, mais conhecida por ser o genérico dos “Amigos do Gaspar”, terminando a sua actuação com uma música que já as identifica "Criatura da Noite".



Seguiu-se a TUNA MARIA – Tuna Feminina da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Com cerca de 21 elementos iniciaram a Actuação com “Perdigão” uma música com letra de Luís de Camões onde se destacou a interpretação da sua solista seguida do seu instrumental adaptado do filme “Le fabuleux destin d'Amélie Poulain”. Prosseguiu com o seu original “Alma Dividida” seguido de “Sol de Inverno”, terminando com um medley de Marchas Populares onde se destacou as suas pandeiretas e o seu estandarte.



Depois de um curto intervalo, esteve em palco extra-concurso, mais uma tuna da casa, a Magna Tuna Cartola. Com cerca de 26 elemento em palco, e numa divertida e irreverente actuação interpretaram temas como “Chuva”, “Macho Português”, “Círculo de Leitor” e “Triste História”.





Seguidamente subiu a palco a TFISEL – Tuna Feminina do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Com cerca de 15 elementos em palco, iniciaram a sua actuação com um tema à capela “Luísinha” seguido do seu original “Ode à Tuna”, onde se destacaram as suas pandeiretas. Prosseguiu com o seu instrumental “Desfolhada” e “Sonho Tunante”, mais um original onde se destacou a prestação da sua solista. Seguiu com “Rapazote” terminando com seu “Estudante Trajado”.






Por fim a concurso, esteve a Tuna Feminina da Universidade Católica Portuguesa. Com cerca de 19 elementos, iniciaram a sua actuação com ritmos brasileiros com "Água de Beber". Seguiu-se com "Porto Velhinho", onde se destacaram as suas pandeiretas, e com “Ser Fantasia”, uma música de Chico Buarque e Maria Bethania. Prosseguiu com o seu instrumental “Moorea” e com uma música em tons de ritmos latinos, terminando a sua actuação com um fado de Mariza, o “Fado Tordo”.





Enquanto o júri deliberava, subiu novamente a palco a tuna da casa, a Tuna Feminina da Associação Académica da Universidade de Aveiro. Iniciou a sua actuação com o seu instrumental “Capa Negra” seguida de “Garça Perdida” e “Todas as Ruas do Amor”.







Ficam no fim os resultados…

Melhor Pandeireta: GATUNA
Melhor Estandarte: ATITUNA
Melhor Solista: TUNA MARIA
Melhor Serenata: TFISEL
Melhor Fado: TFISEL
Melhor Instrumental: TFISEL


Tuna mais Tuna: TFISEL
Melhor Tuna: TFISEL


… e uma noite muito bem passada, cheia de animação e de muito convívio, muita música, claro, MUITA FETA!!!!

Obrigada às meninas da TFAAUA pela excelente recepção!

7 comentários:

Carolina Mendonça disse...

Alô Alô povo das Túnicas...

Eu sei que desta me atrasei, mas para além de ter tido uns problemas electrónicos, ou melhor, falta deles (na segunda não tinha-mos luz pelas bandas de Beja…), tou a ter uma bela de semana de cão…
Prometo tratar das fotos e dos filmes amanhã… mas hoje já só quero mesmo é dormir!


TFISEL: foi o verdadeiro furação das engenheiras! Muitos Parabéns! Vemo-nos no Tradições.

JOANA: é favor de na próxima trazer a garrafinha de GINJA, se bem que os Favaítos também se beberam bem. PS: Delirei com o nosso “Rapazote”… OBRIGADA!

ATITUNA: para vocês apenas tenho uma pequena frase que se tem repetido na minha cabeça durante esta semana “É tão bom uma amizade assim…”

MIMINHOS e NINI: Agora que já são solistas tão aptas a casar… Ah FADISTAS!!!

E por fim…
BRUNO (meu amor): sem ti, nem mesmo as Túnicas fariam sentido!
"Além, quando te vi, e agora sei qual a razão... Porque nasci..."

Magi Matraka disse...

oh.... =) Já merecíamos um casamento (t)único depois dessa declaração!!!!

Joana Rangel disse...

So tenho uma palavra: SURREAL!

Foi um fds maravilhoso, com a minha tuna possuida pelo demo!

Ver a Carolina, o Bruno, as Atitóinas!... e outras almas que por lá apareceram.

Carol:ginja nao deu para levar...consegui moscatel q se evaporou!

Obrigada as meninas de Aveiro que com tanta simpatia nos receberam.

Adorei aquela noite (embora curta) na Praça do Peixe, matei-me no passacalles, adorei a oportunidade de poder tocar no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro, onde já tantas vezes assisti a festivais...foi um fim-de-semana de sonho!

Beijos para as Atitóinas TODAS e uns especiais para a Tati, Sofia, Furnas, Mariazinha, Ana Henriques...

Para os santos dos nossos Guios:Luis e Filipe

Karina e a Carla da TFAAUAV

CP da Estudantina Académica do ISEL

e todos os amigos que encontramos por lá.

Sem esquecer claro, a Carolina e o Bruno!

Até já algures por esse Portugal!

Carolina Mendonça disse...

lolol...

:)

Isso do casamento poderá um dia ser discutido... por enquanto, vivemos juntinho, em pecado!

Esta cena do blog, mudou... e já não dá para por filmes directos
tiver que os por primeiro no youtube...

Ainda não estão todos, mas tenho sono! A ver se amanhã trato disso.

Beijokas

Magi Matraka disse...

tsh tsh tsh amancebados lolololololololol

Mais videozinhos há? =)

Panamá disse...

SIM, MAIS VIDEOS...pleaseeee...

Bajouraz disse...

correcção
música magna tuna cartola
"circo de Leitores" e nao "círculo de Leitores"

cumprimentos
bajouraz