quarta-feira, 21 de novembro de 2007

V Moura Encantada, o rescaldo...

Poderia escrever aqui uma pequena reportagem mas a nossa Panamá (estrangeira assídua do festival) já o fez, e muito bem, em colaboração com a Carapinha (mais uma estrangeira que visitou os algarves). Pedindo licença, limito-me a fazer um copy past e a por algumas fotos, da reportagem do que foi sem alguma das dúvidas, desculpem-me os demais, o melhor dos festivais...


a chegada dos "estrangeiros"...

"Chega Novembro, chega o Moura Encantada, desta feita na sua 5ª edição e organizado pela simpática Feminis Ferventis – Tuna Feminina Académica da Universidade do Algarve. Como Tunas a concurso estiveram a TFMUC – Tuna Feminina de Medicina da Universidade de Coimbra, a Tuna Sadina, a TFISEL – Tuna Feminina do ISEL e a TFFLUP – Tuna Feminina da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.
A festa começou ainda na Sexta-feira com a chegada das Tunas ao BA, e muita animação e folia, além de uma procura desenfreada de Cullotes.
Sábado, as actividades começaram com o repasto na cantina do Campus da Penha, de onde partiram as Tunas para animar duas das paragens habituais dos alunos desta Universidade. Assim, entre músicas, gargalhadas e algumas fotografias do público que se ia deliciando com a diversão contagiante das Tunas Femininas presentes, foi-se criando um ambiente inconfundível.Seguindo o programa de actividades, as Tunas foram encaminhadas pelos guias, sempre incansáveis e prestáveis, para O Seu Café.

Aqui e já com as Tunas todas reunidas no mesmo espaço, foi tempo de ocupar as cadeiras existentes na sala e contagiar todos os presentes com as músicas que as Tunas iam cantando alternadamente. Entre ritmos e guitarradas chegou a hora do lanche e do Karaoke, do qual saíram vencedoras as meninas da TFISEL.
Depois de uma tarde plena de boa disposição, chegou o momento de aconchegar os estômagos mais esfomeados antes de aquecer as vozes para a noite que se avizinhava.
De auditório bem composto e muitas Tunas presentes, deu-se início ao espectáculo.

Brindando o público com algumas memórias das anteriores edições, chegaram as apresentações e com elas a Versus Tuna, que com o seu Basílio em palco, cantaram e animaram os espectadores antes de subirem a palco as Tunas a concurso.

A primeira Tuna a concurso, a TFMUC, com as suas duas apresentadoras Madeirenses, foi divertindo o público com a sua pronúncia bem característica. Uma Tuna que se apresentou com um repertório quase exclusivamente composto por originais, teve uma boa prestação no que concerne aos seus estandartes e jogos vocais.


Seguiu-se a TFFLUP, que com os seus 10 elementos em palco, presenteou o público com uma actuação segura, animada e em que a sua solista conseguiu grandes aplausos dos presentes. Com alegria e convicção subiram a palco e deram uma das melhores actuações da noite.
Vinda de Lisboa, a TFISEL abriu a sua actuação com uma bonita versão da música “Ele e Ela”. De destacar ainda na sua actuação a estreia da solista e a boa execução do tema instrumental “Desfolhada”. Uma actuação bastante equilibrada.


A última Tuna a concurso, a Tuna Sadina, com os seus espectáculos de fitas, pandeiretas e estandartes fizeram o público vibrar. Com uma apresentadora, que mais parecia ter “pilhas Duracell”, a actuação foi decorrendo de um modo divertido.


Em seguida um momento de descontracção para se ver e aprender um pouco das artes da Dança do ventre, com muita dança e cor.

Finalizando o espectáculo, a Feminis Ferventis, Tuna anfitriã, apresentou-se em palco com um grande número de elementos novos que orgulhosamente mostraram os seus cullotes e as suas fitas brancas ou azuis. Uma actuação em grande, que coroou todo o esforço e empenho desta magnífica Tuna que o Algarve acolhe.

Em seguida o júri deliberou o seguinte:
Melhor Pandeireta: Tuna Sadina

Melhor Estandarte: Tuna Feminina de Medicina de Coimbra

Melhor Instrumental: Tuna Feminina da Faculdade de Letras do Porto

Melhor Solista: Tuna Feminina da Faculdade de Letras do Porto

Melhor Original: Tuna Feminina do ISEL

Tuna mais Tuna: Tuna Feminina de Medicina de Coimbra

Melhor Tuna: Tuna Feminina da Faculdade de Letras do Porto.

Depois da respectiva festa até de manhã, seguiu-se umas horas de sono e o almoço de despedida, onde todos as Tunas já falavam com saudade e a pensar já no VI Moura Encantada.

Um grande Festival, mais um grande Moura Encantada, como só elas o sabem fazer. A cada ano que passa se torna mais um lugar de paragem e reencontro de amigos que se fazem pelos anos e festivais fora.
Um grande bem-haja à Feminis Ferventis e até para o ano!"
In PortugalTunas (19.11.2007)

4 comentários:

Gabi disse...

Isto com fotos até ganha outra vida... Grande post! Grande fim-de-semana! Grande festival!

Karina disse...

olá!

Foi um fim-de-semana realmente fenomenal!!

Obrigada, Fefés!!

Beijocas!

Carolina disse...

Olá a todo/as!!!

Bem... tanto há para dizer que por vezes é difícil de começar...

Para a minha tuna, Feminis Ferventis: que bom é chegar a casa e ver tantas caras novas cheias de força e ânimo para abraçar esta nossa família, força Projectos, muitos parabéns pelas fitinhas brancas! Para as mais “velhinhas”, das caloiras às tunantes, passando pela brigada do reumático, uma beijoca muito grande, e parabéns pela organização de mais um grande Moura Encantada. Foi fantástico estar em palco com 27 elementos (Cristo, éramos mais que as mães...) cheios de força, espírito de entre ajuda e boa disposição! Foi lindo!!!

Para a féfé honorária: Obrigado Lourenço...

Para as tunas que se deslocaram ao Algarve: muito obrigado pela presença. Espero que se tenham divertido muito e que levem muitas e boas recordações.

Para os “estrangeiros”: é cada vez mais reconfortante chegar a casa e encontra-la cheia de amigos, amigos que voltam todos os anos cheios de palavras amigas e muita animação. Não querendo particularizar e já particularizando... à Panamá, grande cozinheira , que ao fim de 4 anos já faz mais do que parte da família e até já conhece os netos da D- Graciete ; ao Ravanelli, pelo carinho que sempre demonstrou para connosco; à Tatiana que arranjou uma “mitra” no Algarve...; à Carapinha, que depois de um ano de ausência voltou ao Moura cheia de animação; aos meninos da Ma"ESTIG"ama Tuna, e do ISEL, já habitués da nossa casa... enfim... a todos obrigada por fazerem desta festa, mais que um festival, um reencontro de amigos...

Para o meu amorzinho: que depois destes anos se deslocou ao Algarve e teve quase 3 horas de câmara de filmar na mão; porque atura frequentemente as minhas “escapadelas” para um qualquer festival de tunas...

Para a minha Carina: não percebo porque é que acabamos sempre a chorar abraçadas... até parece que vamos para guerra. Adoro-te miúda e tenho mesmo muitas saudades! Vê se apareces pelo norte...

Para a minha Gaby: acho que já te disse tudo... agora com o número de casa e chamas à borlix é que não te escapas mesmo! O sofá está no mesmo sítio e agora até já podes tomar um cafezinho de manhã... Mi casa é tu casa...


Obrigado tuna...
Foi sem dúvida um Grande fim de semana e um Grande festival!!!

Panamá disse...

ehhh, pá!! essas fotos aí pelo meio... uhm.... coisas suspeitas!!! Sempre dá pra relembrar, já que não está previsto um deja vimos nem um deja veremos para tão cedo (o horário de dezembro... de morte!! ).
Jokas e diverte-te sábado.